você gostaria do que em sua vida?


Believe. Because just believe that a dream come true. Believe and do your best to what you want to become a reality. Because God to raise you, and had wanted to make sure that you would be a winner. You carry out your dreams without fear of what would come ahead. Remember this.

Home About Me Tumblr Ask F.A.Q Submit

(Source: nazic, via tinykarma)


Photo postado em 11/10/2012 às 10:38pm | 288,758 notes | (reblog this!)

(Source: acwd, via abbsent)


Photo postado em 11/10/2012 às 10:35pm | 265,252 notes | (reblog this!)

De repente ouvi teu nome. E quase que imediatamente te procurei a minha volta. Não te encontrei, mas me dei conta de que eu estava sorrindo.


Quote postado em 16/09/2012 às 10:12pm | 167,260 notes | (reblogue this!)


Photo postado em 15/08/2012 às 9:03am | 1,964 notes | (reblog this!)


Vídeo postado em 3/08/2012 às 2:43pm | 11,277 notes | (reblogue this!)

Tantos amigos. Tantos lugares. Tantas frases e livros e sentidos. Tantas pessoas novas. Indo. Vindo. Tenho só um mundo pela frente. E olhe pra ele. Olhe o mundo! É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Sofrer dói. Dói e não é pouco. Mas faz um bem danado depois que passa. Mas agora, com sua licença. Não dá mais para ocupar o mesmo espaço. Meu tempo não se mede em relógios. E a vida lá fora, me chama.


(Source: auroriar, via prisioneiro-da-morte)


Quote postado em 3/08/2012 às 2:39pm | 26,268 notes | (reblogue this!)

(via tinykarma)


Photo postado em 25/07/2012 às 11:08pm | 47,055 notes | (reblog this!)


Vídeo postado em 16/07/2012 às 10:21pm | 96,630 notes | (reblogue this!)


Photo postado em 16/07/2012 às 10:19pm | 294,845 notes | (reblog this!)


Photo postado em 15/07/2012 às 8:47pm | 221,844 notes | (reblog this!)

Parece maturidade, mas não passa de uma fuga frustrada de quem recusa-se a amanhecer. Quase lembra felicidade, mas é a vida espremendo-se no fundo do poço. Sorrisos amarelos dizem ser a minoria, mas de incrédulos na própria felicidade o mundo vaza. De tanto odiarem o drama, esqueceram-se de como chorar pela desgraça de morrer em vida. Olhos que secaram e bocas que reproduzem a morte que vem de dentro. Nada os deprimem, eles dizem. Tão lamentável é ser feliz somente por não ter motivos pelos quais chorar. Artista é quem sabe dançar a valsa no ritmo do próprio coração e não quem quebra as pernas para não se cansarem, por medo de pisaram-lhe o pé. Abismos resplandecem o vazio da alma de quem não acredita em amor. De tantos repousos em frustrações cactáceas, os corpos encheram-se de furos e por mais sentimentos que tentem transbordar, nada conseguem passar além da pena de si mesmo. Até parecem mais inteligentes, eu repito, até parecem mais sóbrios. Imagine a beleza de jamais deixar-se consumir por palpitações desprezíveis, já que somos carne e carne é feita para ser consumida. Beleza teórica, eu presumo. Pois se a carne não é consumida rápido, apodrece e atrai moscas. Moscas essas que colocam seus ovos moribundos e esperam até que a vítima se distraia. É certo que quem diz que não ama, deveria dizer que ama ao menos as larvas em seus corpos apodrecidos que cada vez mais atraem sujeira. Quem não acredita em amor, paixão, fervorosidade, já amou de menos, apaixonou-se demais e deixou que o fervor amornasse. Mas é o morno que escalda e derrete a sensibilidade. Ah, quão bobos são as pobres almas que acreditam em amores eternos. O que não sabem é que histórias de eternidade só merecem ser lidas por aqueles que desgrudam as páginas coladas pelo tempo. Bobos ou não, pobres almas jamais serão. Quem murcha na solidão despreza a correnteza das lágrimas, porque dizem saber da própria dor. Mas se não conhecem o amor, o que entendem por dor? O que sentem é o peso na consciência dos covardes que guerreiam de espada e armadura, e ainda assim perdem a batalha para os de armas nuas. E aquele passado que te aprisiona? Até parecia amor e eternidade, mas o que nasce para ser amor de passagem jamais chegará a ser amor de verdade. Amores não são línguas de sogra, amores nunca murcharão. Amores de esquina, amores que vem e vão, amores confundidos com paixão, amores que nunca são.


Quote postado em 15/07/2012 às 8:45pm | 1,071 notes | (reblogue this!)


Photo postado em 6/07/2012 às 9:06pm | 175 notes | (reblog this!)


Vídeo postado em 5/07/2012 às 10:00pm | 111,013 notes | (reblogue this!)


Vídeo postado em 5/07/2012 às 8:19pm | 83,976 notes | (reblogue this!)


Vídeo postado em 5/07/2012 às 4:12pm | 40,829 notes | (reblogue this!)
Página 1 de 28 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 »